DGS lança campanha de prevenção da exposição das crianças ao fumo do tabaco PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 13 Março 2015 23:20


Em Portugal, estima-se que 1 em cada 3 crianças esteja exposta ao fumo dentro de casa ou no carro.

A Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo, vai lançar uma campanha de prevenção da exposição ao Fumo Ambiental do Tabaco como chamada de atenção para este problema de saúde pública, tendo como principal enfoque as crianças e o risco a que estão expostas sempre que alguém fuma dentro de casa ou no carro.

Esta campanha tem como objetivo aumentar a perceção dos riscos associados à exposição ao fumo ambiental do tabaco, promovendo uma mudança de comportamento das pessoas fumadoras face ao consumo de tabaco em locais fechados, bem como aumentar a motivação e as tentativas para parar de fumar.


Mais de 80% do fumo do tabaco é invisível, impedindo que as pessoas tenham uma verdadeira perceção do risco a que estão expostas e, por esse motivo, fiquem menos atentas aos outros quando fumam e mais tolerantes com quem fuma perto de si. Quando alguém fuma, todos fumam à sua volta, não existindo um limiar seguro de exposição ao fumo ambiental do tabaco.

Designado por vezes por fumo passivo ou fumo em segunda mão, este resulta da combinação do fumo libertado para a atmosfera pela ponta acesa de um cigarro e pelo fumo exalado pelo fumador. Na prática, consiste numa mistura complexa e dinâmica de mais de 7000 químicos, muitos dos quais tóxicos e que podem provocar cancro ou doenças cérebro e cardiovasculares. Estes químicos tóxicos permanecem no interior da casa ou do carro muitas horas depois de se ter fumado um cigarro, não desaparecendo totalmente, mesmo com as janelas abertas.

O Fumo e as Crianças
As crianças são particularmente vulneráveis ao fumo ambiental do tabaco. Por não terem como defender o seu direito a viver num ambiente sem fumo, a campanha tem como principais destinatários os pais, sensibilizando-os para um perigo que não está à vista.

Para alertar os adultos para os riscos do fumo invisível, a campanha recorre à imagem inesperada de uma criança a exalar o fumo de um cigarro que um adulto fuma: “Quando você fuma, todos fumam”.

A exposição de recém-nascidos e crianças, às substâncias tóxicas e cancerígenas presentes no fumo ambiental do tabaco está associada a graves problemas de saúde, tais como a morte súbita do lactente, infeções respiratórias de repetição, infeções nos ouvidos e indução e exacerbação de crises de asma. Contribui também para que as crianças aprendam a conviver com o tabaco, como produto de consumo comum, e se sintam mais atraídas por experimentar fumar, quando atingem a adolescência.

Esta campanha publicitária arranca na próxima semana e estará presente na televisão, rádio, imprensa e internet até ao final do mês de março.

Para mais informações consulte o site eufumotufumas.com e a página do facebook da campanha.

Lisboa, 26 de Fevereiro de 2015

Primeiro vídeo: http://youtu.be/LjgRE93RAlM